Como salvar meu dinheiro e o planeta ao mesmo tempo, ainda em 2020!

Quando ouvimos a palavra “sustentabilidade” a primeira coisa que vem à nossa cabeça é aquela imagem genérica de pessoas sorrindo ao plantar uma árvore, ou alguém em meio a natureza e esse tipo de coisas. Mas será que sustentabilidade tem a ver somente com estar em contato direto com a natureza? A resposta é simples e curta: NÃO!

E hoje pretendo te mostrar com dados que ela pode ter um impacto direto na sua vida e principalmente no seu bolso.



Afinal, você pode não estar ciente de como a falta de recursos naturais vai te afetar num curto espaço de tempo – e esse é um ponto o qual peço que você olhe de forma mais atenciosa também, mas com certeza conhece o medo, ou até a dor, de faltar dinheiro no final do mês (e acredite, esse é um medo que está presente em todos nós, especialmente neste momento).

Mas então como eu posso economizar na quarentena e ainda ajudar para construir um futuro melhor?

Existem várias formas de começar e neste breve texto vamos trazer algumas dicas de como economizar água no dia a dia da sua casa ou empresa, fazendo com que você não só ajude o planeta, mas também o seu bolso no final do mês! Afinal, podemos cortar muitas coisas para conter gastos, mas água é algo que não podemos viver sem – literalmente.

A principal e mais atual forma de economizar água se encontra na captação e utilização da água das chuvas, sendo possível usá-la até mesmo para consumo – como será explicado ao final do texto.


Fonte: Jornal da USP, 2017.


Como economizar água na quarentena – e continuar economizando após ela:

  • 1. Fique sempre atento a vazamentos – e quando digo vazamentos não me refiro somente àqueles canos jorrando água da parede, você sabia que, por mês, 96 mil litros de água potável são desperdiçados por um buraco de dois milímetros em um cano – isso equivale um custo, para uma pequena empresa, de mais de R$800,00 - então não custa dar uma checada e ver se está tudo certo com a tubulação né (aliás, custa sim, e custa muito caro);

  • 2. Repense onde está utilizando água – será que em todos os lugares que você usa a água encanada é realmente necessário? Esse pensamento vai desde ações simples e cotidianas como escovar os dentes com a torneira fechada, lavar o carro com balde, lavar as frutas em uma bacia até para medidas em escala empresarial: fazer a limpeza sempre que possível com uma vassoura em vez da mangueira, ou até com um pano úmido, se atentar a torneiras pingando ou mal fechadas.

DICA: uma boa forma de saber se você está no caminho certo, ou se tem algo te atrapalhando na economia é acompanhar mensalmente a conta de água, nela vem a quantidade de água consumida, o que permite que você identifique se há algum problema sendo enfrentado e se as medidas que você está tomando, após a leitura desse texto, estão funcionando.

  • 3. Reutilize toda água que puder – hoje em dia existem vários projetos para reutilizar a água dentro de casas e empresas, desde reutilizar a água do banho para aguar o jardim até utilizar a água usada para lavar as mãos como forma de descarga para os vasos sanitários, e isso te faz ter um aproveitamento de quase 100% da água (e uma economia considerável) então vale a pena dar uma pesquisada mais afundo e ver empresas que podem oferecer esse tipo de projeto pelo melhor preço.

  • 4. Capte e utilize água da chuva – esse é um projeto muito discutido atualmente, pelos dois pontos que queremos abordar: sustentabilidade e economia, pois além de estar ajudando o planeta, pois a água da chuva é literalmente um potencial jogado pelo bueiro, estará também ajudando o seu bolso, uma vez que a água da chuva é totalmente de graça.


“Ah, mas dá muito trabalho ter que ficar captando a água da chuva” – E se eu te dissesse que você pode usar a própria estrutura da casa para captar uma quantidade considerável de água para você, e sem o menor esforço. A base de um projeto de captação de água da chuva consiste em montar um sistema eficiente de captação da água pelo telhado da sua casa ou empresa e armazená-la de forma que possa ser utilizada quando, onde e como você bem entender.

“Mas onde é que eu vou usar tanta água?” – Além do uso comum como o de aguar jardins, larvar o carro, lavar a casa – que são os usos mais simples por não requerer nenhum tratamento prévio – ainda podemos utilizar a água da chuva armazenada para uso doméstico, como a descarga do vaso sanitário, por exemplo, e é possível também o usa dessa água como água potável através do aparelho ChoveChuva (https://www.chovechuva.com.br/).


Logo podemos ver que não utilizar a água da chuva se trata de um grande desperdício tanto de água quanto de dinheiro.

E é justamente para te ajudar a acabar com esse desperdício que nós da Quanttum e da Engenium nos unimos para criar um projeto de captação de água da chuva adaptável para a sua realidade. Fique atento aos nossos meios de comunicação pois logo teremos novidades!

Gostou do texto? Quer ser o primeiro a receber nossos artigos e promoções? Deixe seu contato aqui e te deixaremos sempre atualizado com informações e serviços relevantes para você e seu negócio!

10 visualizações
  • Facebook
  • Instagram

Endereço:

Campus Uvaranas - Bloco E

Uvaranas, Ponta Grossa - PR, 84030-900