• maria rosas

Construtechs: Como funcionam e qual a sua importância no mercado de trabalho atual?

Você já ouvir falar nas Construtechs? Este termo é muito comum no campo de inovações, todo o empreendedor que se vê atuando no ramo da engenharia civil deve se familiarizar com as Startups relacionadas com o setor.

O mercado de trabalho na área da construção civil é muito amplo e reflete nitidamente a situação econômica de um país, porém, as taxas de desperdícios das construtoras são elevadas enquanto a produtividade do trabalhador é baixa. Você deve estar se perguntando, como um setor que representa uma boa parte do PIB brasileiro pode ter tanta tecnologia e uma gestão com tantas falhas? O principal fator é o atraso da indústria da construção civil em relação ao ritmo da revolução tecnológica dos demais setores da economia.

Enquanto muitas empresas utilizam métodos automáticos para gestão de processos, os escritórios optam por realizar muitas etapas manualmente, atrasando a modernização do setor. Em decorrência deste fator, foi criada uma rede de startups com o intuito de resolver os problemas e melhorar a área da construção civil.




O que são e em que áreas atuam?

As Construtechs têm como principal objetivo modernizar e propor soluções tecnológicas voltadas à engenharia civil. Buscam tratar das “dores” neste campo de trabalho, desenvolvendo sistemas para gestão de obras, drones de monitoramento, sensores, dentre outras tecnologias.

No Brasil existem mais de 560 Construtechs atuando na construção civil, a maior parte lida com questões imobiliárias, vendas e compras de imóveis. Porém, estas Startups atuam em diversas áreas do mercado, são elas:

Aluguel de equipamentos;

Compra e gestão de suprimentos;

Compra e venda de imóveis;

Contratação de mão de obra;

Gerenciamento de resíduos;

Gestão do canteiro de obras;

Maquetes interativas e modelos 3D imersivos;

Orçamento de obras;

Prospecção de terrenos e lotes;

Reformas e decoração de interiores;

Segurança do trabalho.



Quem é o responsável pela monitoração e aprovação das Construtechs?


Elas são monitoradas pela aceleradora Construtech Ventures. Esta empresa investe nestas Startups com propósito de desenvolver soluções para setor da construção e imobiliário. A Construtech Ventures avalia 4 aspectos para que a ideia da empresa seja viável e necessária no mercado de trabalho. As etapas de avaliação são:


  1. Problemas reais: a ideia tem que gerar valor para o cliente e resolver o problema;

  2. Empreendedores: eles avaliam atitude, foco e entrega dos envolvidos;

  3. Visão: onde eles pretendem chegar e que rumo vão tomar para que a ideia se concretize;

  4. Sinergia: nesta etapa é avaliado que as competências da aceleradora e da Startup juntas podem tornar o negócio mais forte.

Como diz o site da Construtech Ventures: “ A base de tudo são pessoas! Acreditamos em pessoas capazes de criar e executar”. O planeta está sempre em constante mudança e nós somos os responsáveis por elas, seja pequena ou não. É de pequenas ideias e grandes pessoas que surgem as melhores Startups!




Referências:


27 visualizações
  • Facebook
  • Instagram

Endereço:

Campus Uvaranas - Bloco E

Uvaranas, Ponta Grossa - PR, 84030-900