A IMPORTÂNCIA DA ACESSIBILIDADE NOS PROJETOS

Acessibilidade: Substantivo feminino que em seu sentido etimológico significa qualidade ou caráter do que é acessível. Também, segundo a ABNT NBR 9050, acessibilidade é a possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para a utilização com segurança e autonomia, de edificações, espaços mobiliários, vias públicas, equipamentos urbanos e transporte coletivo.





Mas então por que nossas cidades possuem tantos lugares com quase nenhuma acessibilidade?


Apesar de ser garantido por lei, é muito comum ainda encontrarmos lugares públicos e privados que possuem algum inconveniente arquitetônico que impede a circulação adequada de pessoas com algum tipo de deficiência física.


Segundo dados do IBGE, 17,3 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência, onde 49,4% desta parcela se refere aos idosos. Além disso, a acessibilidade é um direito de todos, e não apenas das pessoas que possuem alguma limitação física. Pensando nisso, é de extrema importância que em todo e qualquer projeto de engenharia, seja levado em consideração esse ponto, pensando em toda a logística e conforto dos usuários.





Relação com a Engenharia Civil


Os engenheiros civis são os profissionais que projetam e executam obras, de modo que os torna também responsáveis por garantir um ambiente acessível, confortável e seguro às pessoas. Então aqui está uma lista com algumas dicas para garantir que o projeto obedeça aos critérios de acessibilidade:


  • Conhecer e estudar a legislação vigente e normas técnicas de acessibilidade, como a Norma Técnica de Acessibilidade a Edificações, Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos - NBR 9050 da ABNT e o Regulamento das Leis 10.048/2000 e 10.098/2000, aprovado pelo Decreto 5.296/2004, em seu Capítulo IV – Da Implementação da Acessibilidade Arquitetônica e Urbanística cita essa Norma, de forma patente, em seus tópicos que requerem a aplicação de critérios técnicos de acessibilidade na construção;


  • Adquirir empatia, se colocando no lugar de uma pessoa com limitações físicas ao realizar um projeto, pensando desde o dimensionamento de cômodos, rampas de acesso e sinalizações;


  • Adquirir responsabilidade de que seu projeto precisa ser seguro e confortável, garantindo o bom uso para todos;


  • Usar e abusar da criatividade para assegurar a acessibilidade dentro dos projetos;


  • Pensar no assunto como uma oportunidade, de fornecer ambientes agradáveis e de qualidade para todas as pessoas e não como uma obrigação a ser seguida;


  • Analisar o projeto como um todo, desde a rua e o que envolve o seu entorno, que podem evitar o acesso ao local.


Assim, levando em conta a responsabilidade e que a acessibilidade é para TODOS, podemos edificar um lugar melhor e coerente com seu público!


Inspirações

https://www.cnnbrasil.com.br/nacional/brasil-tem-mais-de-17-milhoes-de-pessoas-com-deficiencia-segundo-ibge/

https://blogdaengenharia.com/engenharia/engenharia-civil/arquitetura/acessibilidade-onde-voce-nunca-notou/

https://blogdaengenharia.com/secoes/colunistas-blog-da-engenharia/a-funcao-do-engenheiro-acessibilidade-para-todos/

https://blogdaengenharia.com/engenharia/engenharia-civil/acessibilidade-uma-evolucao-para-todos/

https://www.sienge.com.br/blog/acessibilidade-na-construcao-saiba-as-normas-de-acessibilidade-de-uma-obra/

Quem escreveu esse blog?






20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo