Construção de Hospitais de Emergência


Em vista da pandemia instaurada pelo Corona vírus, muitos países têm se encontrado com hospitais superlotados e em crescente demanda por leitos, em alguns lugares, chegando a recusar pacientes. Neste cenário, o tempo pode ser o fator determinante entre a vida e a morte, por isso, os governos têm sido pressionados a construir instalações emergenciais tão rápido quanto possível.

Na China, primeiro país a ser atingido pelo vírus, o Hospital Wuhan Huoshenshan, em Wuhan, foi construído em apenas dez dias. O hospital, que conta com 25 mil metros quadrados e mil leitos, segue o mesmo modelo do Hospital Xiaotangshan, em Pequim- que foi construído em 2003 para o tratamento paciente do SARS e ficou pronto em apenas uma semana.

Figura 1- Hospital Wuhan Huoshenshan. Foto: CGTN.

A partir da planta já pronta do hospital construído em 2003, bastou levar o projeto para o sistema que integra todos os equipamentos da fábrica e iniciar a produção de alta velocidade. A associação da tecnologia da indústria 4.0 com a construção civil é o que possibilita as obras surpreendentemente rápidas da China.

Construído em módulos pré-moldados, o Hospital de Wuhan dispõe de 2 pavimentos, incluindo 30 unidades de terapia intensiva e áreas de isolamento e contou com equipes de operários trabalhando 24 horas por dia na obra para que fosse concluído tão logo quanto possível.

Segue um time lapse da construção produzido pela CGTN, canal de notícias internacional em inglês da China, pertencente ao grupo estatal China Global Television Network.

Brasil

No Brasil, o aumento de casos do corona vírus se deu no mês de março e, portanto, as medidas para atender a demanda resultante começaram a ser tomadas mais recentemente.

No dia 22 de março, começou a construção de um hospital de campanha em São Paulo, no estádio do Pacaembu que deverá contar com 202 leitos, para atendimento de pacientes de baixa complexidade do Corona vírus. O hospital de campanha será gerido pelo Hospital Albert Einstein e tem previsão para conclusão em dez dias.

Figura 2- Início da construção de hospital de campanha no estádio do Pacaembu. Foto: Prefeitura de São Paulo/divulgação.

Também em São Paulo, o Centro de Convenções do Anhembi abrigará 1.800 leitos destinados à pacientes com Corona vírus. Os pacientes que serão encaminhados para estas instalações serão definidos pela Secretaria Municipal de Saúde, após passarem por triagem feita em outros hospitais ou unidades básicas de saúde.

Em Fortaleza, um hospital de campanha está sendo construído no estádio Presidente Vargas e tem previsão de entrega para o dia 20 de abril. O novo espaço, destinado a pacientes diagnosticados com o corona vírus, contará com 204 leitos.

Figura 3 - Início da obra de hospital de campanha no estádio Presidente Vargas. Foto: FCO FONTENELE.

Em Roraima, o Exército Brasileiro construiu um hospital de campanha na capital Boa Vista que deverá atender até 80 pacientes. A área de proteção e cuidados visa, inicialmente, atender pacientes com sintomas de Corona vírus, sejam eles brasileiros ou venezuelanos, a fim de evitar a sobrecarga no sistema de saúde. O hospital será divido em três níveis: leitos para casos suspeitos, leitos para casos confirmados e área para tratamento.

No Rio de Janeiro, o hospital de campanha montado no pavilhão 3 do Riocentro, contará com 500 leitos, destinados exclusivamente à pacientes infectados pelo novo corona vírus. Segundo a secretária municipal de saúde, Ana Beatriz Busch, a ideia é ativar o hospital do Riocentro quando 70% dos leitos do Hospital Ronaldo Gazolla estiverem preenchidas. Na segunda-feira (30), o governador Wilson Witzel ainda anunciou a construção de outros 7 hospitais de campanha, que deverão ser entregues até dia 30 de abril.

Figura 4 - Início da construção de hospital de campanha no Riocentro. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio de Janeiro​.

Fontes:

BALDWIN, Eric. "China constrói hospital em 10 dias para combater coronavírus" [China Completes Hospital in 10 Days to Fight Coronavirus] 04 Fev 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. BARATTO, Romullo) Acesso 30 Mar 2020. <https://www.archdaily.com.br/br/933151/china-constroi-hospital-em-10-dias-para-combater-coronavirus>.

G1 RIO. “RJ terá 8 hospitais de campanha até abril para enfrentar o coronavírus, diz Witzel”. 30 Mar 2020. G1. Acesso 30 Mar 2020. <https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/03/30/rj-tera-8-hospitais-de-campanha-ate-abril-para-enfrentar-o-coronavirus-diz-witzel.ghtml>.

LEITE, Áquila. “Obras do hospital temporário no estádio Presidente Vargas atingem 10% de conclusão”. 29 Mar 2020. O POVO. Acesso 30 Mar 2020. <https://www.opovo.com.br/coronavirus/2020/03/29/obras-do-hospital-temporario-no-estadio-presidente-vargas-atingem-10--de-conclusao.html>.

MAGALHÃES. Luiz Ernesto. “Hospital de campanha do Riocentro agora será exclusivo para pacientes com coronavírus”. 26 Mar 2020. O Globo. Acesso 30 Mar 2020. <https://oglobo.globo.com/rio/hospital-de-campanha-do-riocentro-agora-sera-exclusivo-para-pacientes-com-coronavirus-24329895>.

ORTEGA, João. “Como a China usa inovação na construção civil para combater o coronavírus”, 03 Fev 2020. StartSe. Acesso 30 Mar 2020. <https://www.startse.com/noticia/ecossistema/china-inovacao-construcao-civil-coronavirus>.

STOCHERO, Tahiane; REIS, Vivian. “Começa construção no estádio do Pacaembu de hospital de campanha para pacientes com coronavírus” , 22 Mar 2020. G1 SP. Acesso 30 Mar 2020. <https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/03/22/comeca-construcao-no-estadio-do-pacaembu-de-hospital-de-campanha-com-leitos-para-pacientes-com-coronavirus.ghtml>.


37 visualizações
  • Facebook
  • Instagram

Endereço:

Campus Uvaranas - Bloco E

Uvaranas, Ponta Grossa - PR, 84030-900